Ensaios

Poesia

sábado, 20 de maio de 2017

Se Foi, Será, Seria

Aos adiantares das horas
Frívolas como passatempo tolo
Expostos a versões de caso e acasos
Perdido entre meio termos
Tudo e nada não fazem mais diferença

Doce noções de ilusão
Remete ao que vivi
Momentos que perduram
Saudades de elos perdidos
Remotas regiões de um vazio
Espaço preenchido pela ansiedade

As velhas mesmas obrigações
Rotinas de náuseas persistentes
Do presente incolora esmo
Sem sentido vou carregando
Minhas ânsias voltadas ao teu eterno retorno

Querer do não querendo
Vamos glorificar o futuro
Esse de que tanto se fala
Coberto de tantas falhas
Entre antigos amores esparsos