Ensaios

Poesia

domingo, 17 de agosto de 2014

Das coisas intocáveis

E viva as pequenas frações
Os fatores desapercebidos
As noções discretas
Coisas diminutas
Aquilo localizado a margem
Relações que não se nota
Outros que resistem
Pensamentos ridicularizados
Ideais descartados
Tudo sem grande publico
Brindemos as causas perdidas
Das batalhas dos vencidos
Façamos justiça aos esquecidos
Por amores fragilizados
Necessidade mundana humana

Nenhum comentário:

Postar um comentário