Ensaios

Poesia

quarta-feira, 23 de abril de 2014

Irracional razão

Remonto as origens do sentir
Nos raros momentos de encontro
Em seu olhar o conforto do distrair
O tudo e o nada em devaneios do sonho

A sua presença me inspira a idealizar
Por oras num prazer de ouvir sua voz
Noutras num falar por desabafar
Querer te completamente num amor atroz

O tempo vem sendo cruel nessa desordem
Pouco nos vemos por determinados termos
Cura para ansiedade de sua ausência fogem
Então na razão de ter-te esperemos

Nenhum comentário:

Postar um comentário