Ensaios

Poesia

quinta-feira, 6 de março de 2014

Selfie dos sujismundos

Afeito a estar tendo simpatia a problemas externos a sua dimensão física emocionalmente instável e dilatável, George nestas ultimas instâncias de tempo carregava o pesado fardo de uma lucidez quase divina  sobre as vantagens e benefícios, colhidos na podre raiz daqueles que agiam como Orc's seguindo instintos malévolos e maquiavélicos. Tudo isto extraído na extorsão e submissão da maioria feito frágeis gnomos com as vontades presas por correntes invisíveis e sem nenhuma resistência ao cárcere, graças aos encantamentos da ilusão da própria cela.

- neste ambiente onde a ignorância tem mais visualizações até mesmo que selfie e fotos de Oscar, não ficaria surpreso caso o próximo presidente da republica  seja porradeiro frequentador de micareta, algum ex big brother ou apreciador de botar seu olfato na farinha como o Maradona.-. nosso protagonista não sabe que o ouro branco( grande produto de exportação colombiano e boliviano) é utilizado em larga escala pelos asnos asmáticos( e travados) dos tubarões da política tupiniquim.

Ele mesmo por vezes acaba sendo um tremendo hipócrita por isso. Bem sabe das condições e de como o processo das coisa s funcionam neste mundo de heróis inexistentes e vilões recorrentes. Ficou a divagar nos pensamentos, tendo a clareza de que ao frigir dos ovos, ideias, teorias e ideologias no fim serviam como justificativa e maquiavelismo obscuro para a busca do poder supremo. na verdade o que muitos buscam malignamente é um poder sádico, o prazer dele em causar sofrimento no semelhante é o que move seus atos vis e sujismundos.

- As vezes gostaria de ser um tremendo pulha alienado, pois assim não sofreria as consequências de ter a noção clara dos atos cometidos por meus iguais que exalam o fedor corrompido do banditismo e malfeitorias, verdadeiros senhores do escuro na terra de Mordor na vida real, niilistas como coringas de riso terrorista ou deformados como reaçis coxinhamis, embora estes são seres existentes e sua deformação seja de cunho mental, algum trauma sexual provavelmente oriundo de educação rígida e repressora- Assim dizia George aplicando suas leituras sobre Freud em suas opiniões.

Nestes andares de moribunda rotina de humilde estagiário sem o reconhecimento de devida genialidade importantíssima para a evolução da consciência humana, portanto talento desperdiçado pela humanidade tal como Van Gogh durante sua vida. A alternativa é claro para alcançar os objetivos de reconhecerem e seguirem suas ideias brilhantes seria o suicídio, seguindo o exemplo de grandes gênios, porém isto George jamais faria, afinal das contas, o preço exorbitante de uma cova na sociedade moderna sofria com a especulação imobiliária e um caixão com wi-fi de boa velocidade com duplex anexo custaria muito mais do que o seu seguro de vida cobriria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário