Ensaios

Poesia

quarta-feira, 5 de março de 2014

Sentido Norte

Passos dados em direção a fogo momentâneo
Vivencio a ansiedade do presente ansioso
Ainda projeto certo futuro eventualmente insano
O tempo atual é vacina do passado pesaroso

Discorre as correntezas do rio de um viver
Das aguas revoltas e turvas de antigos prantos
Revivo no desaguar do despertar de te querer
Das coisas ditas nos autos do livro de encantos

Nestas coisas saídas de utopias de um mortal
Esta posta as vontades de antigo uso
Finalmente encontrado o fator crucial
Em ti meu sentido ao norte tem curso

Nenhum comentário:

Postar um comentário