Ensaios

Poesia

terça-feira, 10 de junho de 2014

Conto a contar

De tolo rompante voltado ao desgosto
Homem racional  voltado ao estado natural
Se reverte na besta selvagem sem esforço
Aquela retratada pela guerra total

Perambular com maniaco andar
Entre relações de fim dos dias
Passa tempo perdido a contar
As versões dos contos de mentiras

E assim sendo regras ditadas
Ideias sobre a volta da ansiedade
Modos são ineficazes perante trapalhadas
Pela cor cinzenta de minha saudade


Nenhum comentário:

Postar um comentário